domingo, 23 de novembro de 2008

Diário de Perséfone


Autora: Heloisa Seixas
Editora: Record
Ano: 1998
N.º de páginas: 320

Adoro este livro porque ele intercala a história de três brasileiros em Nova Iorque. Desconhecidos entre si, mas que se cruzam e até podem interferir no destino dos outros. Todos três têm pontos em comum, como o hábito de escrever diários, por exemplo.

O nome do livro refere-se à Perséfone, personagem da mitologia grega, que foi arrastada ao inferno por Hades, o deus dos mortos. Filha de Deméter,deusa da terra e da agricultura, Perséfone tentou resistir o máximo possível, até que não aguentou mais de tanta fome e comeu sementes de romã, o que iria mantê-la no inferno para sempre.

O relato de Perséfone, seu diário, é que conduzirá o leitor pelas histórias das personagens deste livro: três pessoas que carregam a solidão como Perséfone carregou sua maldição. O próprio cenário do livro é uma Nova Iorque de pesadelo, cujas ruas abrigam mistérios que só poderiam existir no inferno de Perséfone.

Recomendo!

5 comentários:

Fernanda Alves disse... Responder comentário

fiquei morrendo de vontade de ler esse livro=)

adorei o blog!!!
Parabéns=)

espero que goste dos meus versos perdidos=)

http://versosperdidosdefernanda.blogspot.com/

guilherme disse... Responder comentário

ADOREI O BLOG. *-* AUHAUHUAHAHUHU
O nome e a proposta dos posts, perfeito.

Fale sobre o Crepúsculo. *-*

Fernanda Matos disse... Responder comentário

Olá, Guilherme! Gostaria muito de fazer uma resenha do Crepúsculo, mas ainda não tenho este livro. Assim que der, escrevo sobre ele sim, com certeza! Obrigada pela visita!!!

fabiopires disse... Responder comentário

Olá Fernanda, gostei do seu blog: de uma maneira simples e direta você consegue despertar a curiosidade dos livros que está lendo à outros.Ótima atitude.Gostaria de convidá-la para que lesse meu blog também que trata do aspecto musical (como o jazz, o blues e a música instrumental brasileira, por exemplo)dando enfoque à obras literárias sobre músicos, estilos musicais e biografias dos grandes que influenciaram e influenciam a música em nossa sociedade(amusicalidade.blogspot.com).Abraços

Renato disse... Responder comentário

AAAAAAAAAAAA
Adorei o blog!
Exclua por favor a doença que nós temos por livros e que nos aproxima das traças e dos cupins e tome o elogio como verdadeiro!
Ganhou um fã e seguidor!
Beijão!

Postar um comentário